Buscar
  • Luiz Ribeiro

VALE DO PINHÃO: De incubação na Fiep a participação no SXSW, startups dos Worktibas alçam voo




Os Worktibas são coworkings públicos da Prefeitura, vinculados à Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, que dão apoio a empresas da capital em estágio inicial, oferecendo gratuitamente espaços físicos, capacitações contínuas e conexões com atores do Vale do Pinhão. Atualmente, 57 startups, projetos de impacto social e empresas de economia criativa ocupam as três unidades (Parque Barigui, Rua da Cidadania do Boqueirão e Cine Passeio) e, após um ano idealizando e validando produtos e serviços nos Worktibas, alguns deles já estão alçando novos voos ou sendo reconhecidos nacionalmente e internacionalmente.


É o caso da Heijunka 360, startup curitibana que oferece uma plataforma de gestão de operações de empresas e que durante 2021 esteve no Worktiba Cine Passeio. A partir deste ano, a empresa se transfere para o Hub Habitat Senai onde vai participar do programa de incubação do sistema de Fiep. A plataforma HK 360 integra vendas e operações promovendo melhorias nos resultados dos clientes.


Christian Luciano da Silva, CEO da Heijunka 360, conta que no Worktiba a startup validou sua solução e fez as conexões que levaram a empresa a essa nova etapa. “Através dessas relações, um dos líderes do grupo do Comitê de Governança do Vale do Pinhão, Marcelo Figueiral, identificou o potencial da solução e nos conectou ao Habitat Senai, que promove o empreendedorismo industrial em startups”, lembra.


Durante o ano em que a Heijunka 360 esteve no Worktiba Cine Passeio, quatro empresas da capital usaram a plataforma da startup, criada por profissionais com experiência no varejo, serviços e indústria. A startup da capital ainda tem em sua equipe Andressa Vergutz (CTO) e Juliano Gustavo de Oliveira (COO).


“A Heijunka360 é uma assessoria de negócios completa, baseada no método exclusivo easy360º, que conecta vendas e operações de maneira simples, possibilitando a busca pela estabilidade entre estoque e fluxo de caixa”, completa Silva.


SXSW

Já a startup Adapt-Free, que oferece uma plataforma de apoio a pessoas com deficiência, teve várias conquistas após ingressar no Worktiba Barigui em 2021. Além de sua fundadora e CEO, Luana de Andrade, se graduar no Founder Institute, a empresa de impacto social recebeu o selo do programa InovAtiva Brasil e foi uma das seis startups brasileiras selecionadas para o SXSW Pitch, que ocorre nos Estados Unidos em 2022.


Maior evento de inovação e criatividade do mundo, o South by Southwest (SXSW) ocorre na cidade de Austin, no Texas, de 11 a 20 de março. No SXSW Pitch, a Adapt-Free irá apresentar sua inovação para potenciais investidores internacionais.

“No Worktiba Barigui estamos tendo uma vivência de alto valor. O convívio com outras startups no coworking e a troca de experiências dentro do Vale do Pinhão agregam muito em nossa trajetória e amadurecimento. Como toda empresa de tecnologia, precisamos de constância, velocidade e planejamento, tão desafiadores nesta fase inicial, então posso dizer que o apoio tem sido fundamental”, afirma Luana.

A Adapt-Free é uma plataforma que conta com atividades físicas completamente adaptadas, grupos de apoio e colaboração de profissionais multidisciplinares, visando melhorar a saúde e o bem estar de pessoas com deficiências.


Trabalho conjunto

Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba, avalia que os reconhecimentos e conquistas dos coworkers dos espaços da Prefeitura resultam do trabalho conjunto de empreendedores e de todo o ecossistema de inovação do Vale do Pinhão.


“Várias ações contribuíram para a alta produtividade e conquistas. Foi criado o guia Como Decolar seu Foguete para startups e a Matriz de Maturidade, que teve apoio do Comitê de Gestão do Vale do Pinhão e auxilia na jornada dos projetos. Houve capacitações on-line contínuas promovidas pela Prefeitura e Agência Curitiba, oportunidades novas de investimento e projetos sendo lançados no mercado”, enumera ela.


Além disso, a reabertura dos Worktibas, em 2021, também auxiliou no contato entre as equipes e até criou parcerias.


Além dos três espaços físicos dos coworkings da Prefeitura, startups podem participar do Worktiba Digital, que oferece acesso a ferramentas virtuais de auxílio em gestão, em uma parceria da Prefeitura com a Microsoft.