Pró-Metrópole inicia oficinas de planejamento com municípios da RMC



Um novo olhar sobre a Região Metropolitana de Curitiba é a proposta das oficinas de planejamento do Programa de Desenvolvimento Produtivo Integrado da RMC (Pró-Metrópole, que acontecem entre os dias 02 e 04 de agosto e abrangem todos os municípios vizinhos da capital.


A primeira cidade anfitriã da atividade foi Pinhais, que recebeu representantes de 12 municípios, os quais compõem o anel central da RMC. A oficina aconteceu durante a manhã e tarde desta terça-feira (02) no auditório da Secretaria Municipal de Educação e contou com a presença da prefeita de Pinhais, Rosa Maria, que deu as boas vindas aos visitantes. Nos próximos dias da programação, os demais municípios da Grande Curitiba (núcleos territoriais sul e norte) também se reunirão em Mandirituba e Cerro Azul.


Representando o presidente do Pró-Metrópole e vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel, o secretário para o Desenvolvimento da Região Metropolitana de Curitiba, Leverci Silveira Filho, destacou que o encontro é o resultado do levantamento realizado nos 28 municípios vizinhos da capital paranaense. Ele relembrou que foram coletadas informações pontuais sobre agricultura, turismo, indústria e comércio e compilados os dados sobre as dificuldades enfrentadas e integração entre as cidades.


“A representatividade de cada município é o que chancela as decisões para o futuro, portanto é uma responsabilidade grande sobre cada um de nós. Identificamos as limitações e possibilidades de reforçar potencialidades para elaboração do Plano Regional de Desenvolvimento, com discussões sobre as necessidades de cada município”, afirmou o secretário.


A equipe da Secretaria de Planejamento do Estado do Paraná conduziu as atividades. O coordenador de Integração Econômica, Marcelo Antonio Percicotti da Silva, destacou a realização do Programa Paraná Produtivo (Programa de Desenvolvimento Produtivo Regional Integrado). Ele apresentou o resultado da pesquisa realizada nos municípios e sugeriu ações voltadas aos segmentos de atuação do Pró-Metrópole: agricultura, turismo e comércio. “É uma estratégia de construção das premissas do desenvolvimento, além de propor a migração dessas demandas na composição do Plano Plurianual do Governo do Estado”, salientou.


Foram realizadas atividades dinâmicas coletivas que resultaram em ações prioritárias eleitas pelos representantes dos municípios, assim como discussões sobre desafios de governança.


Também foram convidados para participar do módulo de atividades, representantes das instituições de ensino superior, as quais estão iniciando projeto de extensão universitária com o Pró-Metrópole. O objetivo é mobilizar a comunidade acadêmica somada à capacidade técnico científica e gerar cooperação com o poder público da RMC. Compareceram ao primeiro dia de oficina, o diretor geral do campus Pinhais do Instituto Federal do Paraná, Celso Luiz Buiar; a diretora da Escola de Engenharia e Arquitetura da Universidade Federal do Paraná, Regina Maria Hartog Pombo; o pró-reitor adjunto de relações empresariais e comunitárias da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Fernando Molin.


Participaram da organização da oficina: Maria Ozelia de Souza (especialista em psicologia e coaching – assessora técnica da coordenação de Integração Econômica/SEPL), Nataly Pedroso (SEPL), Daniela Schogel (SEPL), Tatiana Macarini (SEPL), Felipe de Oliveira (SEPL), Luiz Ribeiro (SEDRMC), Antônio Borges dos Reis (SEDRMC), Genésio de Siqueira Júnior (SEDRMC), Edvania Rodrigues (SEDRMC).


Núcleos Territoriais


O Pró-Metrópole organiza os trabalhos pelo desenvolvimento e integração da RMC da seguinte forma:


Cidade núcleo – Curitiba.


Região Central – Almirante Tamandaré, Araucária, Balsa Nova, Campina Grande do Sul, Campo Largo, Campo Magro, Colombo, Fazenda Rio Grande, Pinhais, Piraquara, Quatro Barras e São José dos Pinhais.


Região Norte – Adrianópolis, Cerro Azul, Dr Ulysses, Tunas do Paraná, Bocaiúva do Sul, Rio Branco do Sul e Itaperuçu.


Região Sul – Mandirituba, Piên, Agudos do Sul, Quitandinha, Tijucas do Sul, Campo do Tenente, Contenda, Lapa , Rio Negro.


Fotos: Rodrigo Dziura (Prefeitura de Pinhais).


61 visualizações0 comentário