Buscar
  • Luiz Ribeiro

Plano de Retomada Econômica leva Curitiba à final de premiação mundial de cidades inteligentes



O Plano de Retomada Econômica – conjunto de medidas para acelerar a recuperação da cidade após a fase mais aguda da pandemia – garantiu a Curitiba a terceira indicação para final do World Smart City Awards, maior premiação de cidades inteligentes do mundo.


Em 2021, a capital paranaense é finalista na categoria "Prêmio de Inovação de Recuperação", que excepcionalmente vai reconhecer iniciativas relacionadas à covid-19.

Em 2018, Curitiba foi finalista do World Smart City Awards com seu Programa de Agricultura Urbana, na categoria Ambiente Urbano, e, em 2019, com o Vale do Pinhão, o ecossistema de inovação da capital, na categoria City Award (Prêmio Cidade).


O World Smart City Awards premia projetos pioneiros, ideias e estratégias que promovam o desenvolvimento urbano em todo o mundo e transformem as cidades em lugares mais sustentáveis e inclusivos para se viver. Em 2021, cidades de 46 países se inscreveram para concorrer a premiação de cidades inteligentes.

Segundo a organização do World Smart City Awards, o Plano de Retomada Econômica de Curitiba está entre os finalistas de 2021 por contribuir para o sucesso da transformação, adaptação ou resposta da cidade à pandemia da covid-19 e a outros desafios que possam ocorrer no futuro.

Na categoria, Curitiba concorre com Londres (Reino Unido) e Manizales (Colômbia).


Resultado


Os vencedores das sete categorias da premiação serão anunciados em cerimônia, no dia 17 de novembro, em Barcelona (Espanha), durante o Smart City Expo World Congress, o fórum internacional mais importante sobre cidades inteligentes, que irá ocorrer de 16 a 18 de novembro.


Segundo o prefeito Rafael Greca, ser finalista do prêmio é o reconhecimento do grande esforço do município para apoiar economicamente tanto trabalhadores quanto empresas e empreendedores.

"Temos muito o que comemorar, pois a cidade mais empreendedora do Brasil é mais forte que as dificuldades. Com o Plano de Retomada, Curitiba já bateu este ano o recorde na geração de empregos. Foram 38.979 vagas com carteira assinada de janeiro a setembro deste ano, o maior volume dos últimos 18 anos”, reforça o prefeito.

Greca lembra também que a cidade está superando os desafios impostos pela covid-19 em várias frentes. "Com o SUS Curitibano, não faltaram leitos para os pacientes no auge dos casos de covid-19 e vacinamos com duas doses mais de 66% da população", diz Greca.


"Reforçamos nossa rede de proteção social, com o Mesa Solidária, o Auxílio Alimentar de Curitiba e a ampliação da estrutura de acolhimento da população em risco social. Já com o Plano de Retomada Econômica, lançado no segundo semestre de 2020, estamos dando suporte econômico, garantido fluxo de caixa para o dia a dia das empresas, postos de trabalho e acesso a recursos para novos investimentos", completa o prefeito.


10 visualizações0 comentário