Buscar
  • Luiz Ribeiro

Pioneirismo: Curitiba conta com o primeiro curso de especialização em Patrimônio do país



Uma aula magna no campus Curitiba da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTPFR), com a presença do prefeito Rafael Greca e do cônsul geral da França cônsul-geral da França, Yves Teyssier d’Orfeuil, marcou nesta sexta-feira (17/9), a abertura do primeiro curso de especialização em Patrimônio, Arquitetura e Cultura do País.


O curso de especialização faz parte da programação da Escola de Patrimônio da Fundação Cultural de Curitiba por meio do convênio firmado com a UTFPR e a École de Chaillot, de Paris.

“Viemos aqui buscar um futuro para o nosso passado, e a criação de um curso nos moldes da École de Chaillot dá a essa universidade (UTFP) um caráter de pioneirismo”, destacou Greca na abertura do curso, numa cerimônia transmitida ao vivo pelo canal da UTFPR no YouTube.

Com inscrições abertas em junho, o curso teve 240 inscritos, sendo 40 selecionados para a primeira turma. São 36 disciplinas e um programa diversificado de aulas práticas e teóricas, com professores convidados de importantes centros internacionais de pesquisa na área de conservação e restauro.


“É um trabalho em rede, desde parceiros locais, nacionais como internacionais”, destacou Marcos Schiefler Filho, reitor da UTFPR.


O curso é voltado a arquitetos, engenheiros, historiadores, gestores públicos e demais profissionais interessados em restauro do patrimônio edificado. Conta com disciplinas no campo da teoria e crítica, história, tecnologia e materiais, além de ateliês de prática, seminários e viagens de estudos.


Serão 500 horas/aula, realizadas durante 18 meses, quinzenalmente, nas modalidades presencial e on-line, com diplomação pela UTFPR. As aulas com professores estrangeiros contarão com tradução simultânea.


“O prefeito Rafael Greca nos estendeu a mão junto com a Fundação Cultural de Curitiba. É um sonho que hoje vira realidade”, disse Giceli Portela, coordenadora do curso de especialização em Patrimônio, Arquitetura e Cultura do País.

A parceria é integrada a famosa École de Chaillot, sediada em Paris desde 1889, responsável pelo restauro da Catedral de Notre Dame, e um dos mais importantes centros de estudos arquitetônicos do mundo. O curso de especialização segue os moldes da escola francesa e conta com diversas disciplinas ministradas pela instituição.


A aula magna teve a participação on-line do diretor da École de Chaillot, Benoit Melon; da diretora do Campus Curitiba da UTFPR, Rossana Finau; da presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Ana Cristina de Castro; do diretor da Escola de Patrimônio da FCC, Marcelo Sutil; do diretor de Patrimônio Cultural da FCC, Gabriel Paris; e do vereador Pier Petruzziello.


Professores qualificados

O corpo docente é dos mais qualificados, contando com professores da École de Chaillot, da Universidade do Porto e do Instituto Politécnico de Tomar (Portugal), da Universidade La Sapienza (Itália), da Escola Nacional de Arquitetura do Marrocos, de outras universidades brasileiras, como a Universidade de São Paulo e a Universidade Federal do Paraná.


Conta também com profissionais dedicados à prática da restauração ligados a instituições como o Conselho de Arquitetura e Urbanismo e o Comitê Internacional para Documentação e Preservação de Edifícios, Sítios e Unidades de Vizinhanças do Movimento Moderno (Docomomo).



@utpr






3 visualizações0 comentário