Instrutora do SENAR-PR usa conteúdo dos próprios cursos para começar negócio



Foi diante de uma queda acentuada no número de treinamentos devido ao isolamento social durante a pandemia do novo coronavírus que a instrutora do SENAR-PR Fabíola Weinhardt Jazar decidiu utilizar o conhecimento ministrado em aulas em diversas formações para abrir o próprio negócio.

“Sou instrutora do Programa Empreendedor Rural, do Herdeiros do Campo e do Mulher Atual, além de produtora rural. Então utilizei todos esses conhecimentos”, diz a empreendedora, que optou pela atividade do turismo rural para gerar renda na propriedade que está com a família há 150 anos.

A pandemia também fez com que Fabíola percebesse o desejo generalizado das pessoas em sair de casa e confraternizar em um ambiente aberto, junto à natureza. Daí surgiu a ideia de apostar no turismo rural.

“No início havia criação de gado na propriedade. Quando passou para o meu avô, continuou o gado e começou agricultura. Depois disso, quando passou para a geração da minha mãe, paramos com a lavoura e com o gado e agora temos criação de cavalos para passeio”, conta a nova empresária do ramo do turismo.

A ideia, segundo Fabíola, é oferecer aos clientes um espaço com diversas opções gastronômicas e de lazer, como passeios a cavalo, tirolesa, trilhas para caminhada e outros atrativos. A propriedade possui 58 hectares, sendo 17 hectares de uma Área de Proteção Permanente (APP), onde existe um morro e muito espaço verde para atividades junto à natureza.

“O café vai funcionar embaixo das árvores. Quero que todos possam aproveitar bem. Tenho uma filha de 17 anos e outra de quatro, então temos a medida do que cada idade gosta de fazer”, aponta.

Nesse processo, os conhecimentos que ela costumava repassar aos alunos do SENAR-PR durante os cursos serviram para organizar o próprio estabelecimento comercial.


“Usei modelo de plano de negócios do PER para montar o meu”, afirma. Também o conteúdo do programa Herdeiros do Campo, que prepara a sucessão familiar dentro da propriedade rural, foi utilizado na sua jornada pessoal.
“Esse programa me ajudou a fazer a sucessão na nossa família. Eu, meu irmão, minha mãe e minha vó sentamos e montamos um testamento particular para dividir a herança da família. Aconteceu com uma tranquilidade tremenda”, conta Fabíola.

Sua vivência no SENAR-PR também ajudou a escolher o caminho que a propriedade da família deveria seguir.

“Depois de tantos anos ministrando cursos, fui vendo o que valia à pena. Quem mexe com turismo sabe que é um desafio. Mas pelo conhecimento que tive com meus participantes, vi que posso dar conta”, afirma a instrutora, que não vai parar de ministrar cursos por conta do novo empreendimento.
“Vou dedicar as segundas e terças-feiras para o café, que funcionará com reserva nos sábados e domingos, e para o SENAR-PR ficarão as terças, quartas e quintas”, diz Fabíola, já organizando a agenda.

Cursos

O SENAR-PR conta com diversos cursos na área de turismo rural, todos gratuitos e com certificado. Interessados podem conferir os detalhes e realizar a inscrição na seção Cursos do site sistemafaep.org.br.




3 visualizações0 comentário