ACP lança a plataforma Bom Place, nova ferramenta para o comércio online




A plataforma www.bomplace.com.br foi lançada pela ACP e passa a ser disponibilizada como marketplace para empresas de todos os portes cadastradas junto à entidade. Segundo o presidente da ACP, Camilo Turmina, trata-se de “uma plataforma de vendas moderna e segura para os comerciantes e com custos reduzidos que podem ser absorvidos por todos os que aderirem”.


“Nosso marketplace tem foco em fidelidade. Enquanto os grandes players dependem de tráfego – oferta, preço, volume e anúncios pagos -, o BomPlace é uma plataforma sustentável, assinada pela ACP”, explica Daniel Filla, diretor da Explay e responsável pelo BomPlace.

Benefícios como taxas de comissão menores, frete com valor reduzido e ponte direta com mais de 30 mil empresas serão disponibilizados aos associados que se integrarem ao BomPlace. A ACP vai lançar mão de ferramentas já disponíveis dentro da instituição para acelerar o crescimento do marketplace e, principalmente, facilitar a rotina de vendas das lojas integrantes. A entrega será executada pela Sequoia, uma das principais operadoras de logística do Brasil. “Com o apoio de uma gigante do setor de transportes, os custos de envio serão mais competitivos para o comerciante paranaense”, pontua Daniel


No início da operação os associados da ACP poderão montar suas lojas online, cadastrando produtos e preços para experimentar o uso do site. A ideia é alimentar a plataforma com diversidade de marcas e produtos para, num segundo momento, abrir o comércio para os consumidores. Também será possível realizar negócios de associado para associado, em um ambiente que fomenta o desenvolvimento do comércio paranaense em uma estratégia inovadora. Muitos comerciantes ainda não utilizam o e-commerce por conta dos custos para levantar uma loja virtual própria e, a partir do BomPlace, já começam as operações com a infraestrutura de base pronta para uso.


O BomPlace vai oferecer total segurança nas operações. Outra vantagem é a parceria com o Pipehub, integrador de marketplaces. O momento não poderia ser melhor: o e-commerce cresceu 26,9% em 2021, consolidando-se como um canal importante para o comércio no período da pandemia. O dado é de uma pesquisa feita pelo Neotrust e revela que o faturamento total das vendas pela internet no Brasil chegou nos R$ 161 bilhões no ano passado.

“Agora nossos associados poderão entrar definitivamente nesse universo, inclusive interligando-se a outros marketplaces, em uma plataforma de fácil navegabilidade, com segurança e praticando preços bastante competitivos. Isso está alinhado com nossa missão enquanto associação: fortalecer os comerciantes paranaenses, independentemente do porte da empresa”, destacou o Camilo Turmina.

Com assessoria de imprensa da Explay – Básica Comunicações





7 visualizações0 comentário